terça-feira, 5 de maio de 2015

O Carro de Boi cantou em Cedro do Abaeté-MG 2015

Clique na imagem e veja;
3º ENCONTRO DE CARRO DE BOI DE CEDRO DO ABAETÉ

"A Associação de Carreiros de Cedro do Abaeté juntamente com a Prefeitura Municipal realizou o 3º Encontro de Carro de boi de Cedro do Abaeté nos dias 24 e 25 de Abril de 2015.
No dia 24 de abril acorreu a Festa dos Carreiros para recebê-los com muita felicidade. Já estava presente na cidade mais de 65 carros de bois. O prazer de tê-los em nossa cidade é como reencontrar um irmão querido que a tempos não vemos. Foi uma noite de muita alegria. Tivemos leilão de bezerros, exposição de imagem no telão com vídeos das festas da região e muitas homenagens e show dos artistas da terra: Carlos Rodrigues e Jota Bastos - que trouxe uma moda de viola chorada que tocou nossos corações - e Cleiton Oliveira - que traz o entusiasmo e a alegria da juventude que contagia a todos.
Dia 25 de abril a festa começou cedo. Ao amanhecer já havia carreiros juntando bois. Gritos como: Vem Riachãooo!! Afasta Coraçãaaoo!! Arruma Piaano!! Ecoavam pelo pasto. Muitos curiosos olhavam admirados todos os movimentos.
Após cangados os bois, os carreiros se dirigiam ao Posto Estrela Dalva onde todos os carros de bois se encontram. Participantes acariciam boi, conversam com os carreiros, tiravam foto, senhores mais velhos se emocionam com a cena relembrando o passado e crianças se espantam alegremente com a novidade. Festa para todas as idades e de emoções diferentes a todo o momento.
Logo depois partiram para o desfile começando pela a Zona Rural. O desfile passou por uma região conhecida como “Bisan” onde possui uma subida íngreme e de muitas pedras que para alguns carreiros é uma aventura e para outros um terror. Um certo carreiro, um senhor já de idade chegou até mim e perguntou: “Estava filmando, não vi o homem da câmera na subida, será que ele filmou os meus bois? Vocês viu os meus bois, subiu maciiiinho!” O orgulho iluminava o rosto do carreiro. Alguns tiveram problemas, carreiros se juntavam para ajudar a subir o carro de boi. Neste momento o espírito solidário toma conta de todos, mais que amigos os carreiros são uma irmandade.
Em seguida os carreiros voltam ao Posto Estrela Dalva para o almoço dos carreiros e para as Solenidades de Abertura da Festa com uma benção aos carreiros e as belas palavras da Prefeita Municipal Oldaíra Maria de Andrade.
Em seguida é iniciado o desfile dentro da cidade. A cada passo dos bois nas ruas, uma nova emoção. Pessoas saiam de casa correndo para não perder nada, crianças gritavam maravilhadas. A cada esquina uma multidão esperavam ansiosa, alguns já com o choro engasgado. E quando passavam então foi uma emoção só. Toda população envolvida no mesmo sentimento.
Na Praça da Matriz uma multidão esperava. O locutor vazia as honras da apresentação de cada carreiro. Autoridades Municipais e Patrocinadores agradeciam e entregavam as lembranças, simples lembrança, mas com o peso de um troféu pelo imenso orgulho da presença deles aqui e por ter vencido os desafios pelos caminhos enfrentados até a sua chegada ao nosso encontro e que terá que enfrentar na volta para casa.
Podemos perceber o quanto a população abraçou a festa, que contagia das pequenas crianças aos mais idosos. Uma festa para todas as idades e de todas as religiões. Onde não existe preconceito. Existe apenas respeito, amor e muita admiração.
Depois de tanta emoção ainda havia mais festa. Na noite realizou-se o show com a dupla Emílio e Eduardo que arrancou aplausos e muita felicidade de todos os participantes presentes fechando a festa com chave de ouro.
Fim de Festa! E no rosto de cada participante e de cada carreiro o olhar de satisfação e a vontade de que esse dia durante apenas mais um pouco. Mas o consolo é que ano que vem tem mais.
Obrigado a todos que nos ajudaram a tornar esse evento, que era um sonho, uma linda realidade."

Por:  Jaqueline Aparecida Nunes de Faria

Nenhum comentário:

Postar um comentário