quinta-feira, 29 de maio de 2014

Carro de Boi - Carlos Augusto de Melo

Carro de Boi
Marcando um chão pisado
Cantando no chão da estrada
Carreiro gritando
Coração marcando
Candeeiro na guia
Puxa inocência
Do encanto
De fim de dia
Poeira e água
De trilhas e esperança
Da Vila onde nasci
Muitas vidas que vivi.
Carlos Augusto Mello - São Gotardo-MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário